O portal de notícias de
salgueiro
PESQUISAR NO SITE
 

Moda e Estilo

Fique por dentro das Tendências
Guia completo sobre a calvície: causas e tratamentos
13/07/2016 13:25

Um dos maiores medos dos homens talvez seja a calvície. Perder os cabelos, ficar carecae quando você percebejá está com entradas (e muitas saídas). Muitos nem sabem a causa, que existe tratamento para calvíciee que nem todo fio que cai quer dizer que ela chegou para você. Que tal conhecer um pouco sobre esseproblema?

 

1.O que é a calvície?

A calvície é uma alopecia, ouseja, uma redução parcial ou total dos pelos em uma determinada área da pele. Ela afeta mais os homens do que as mulheres, pois sua maior responsável é a testosterona. Quando em contato com os bulbos capilares, esse hormônio acaba se tornando uma enzima que os atrofia. Dessa forma, o bulbo perde sua capacidade de produzir mais cabelo e eles passam a cair e não nascer mais.

 

2.Tipos de calvície

Androgênica: quando a causa é parte genética, parte pela ação da testosterona.

Areata: causada por fatores autoimunes, mas pode ser agravada por fatores emocionais.

Congênita: pela genética.

Traumática: lesões ou contusões do couro cabeludo.

Neurótica: quando a pessoa arranca o próprio cabelo.

Secundária: quando é reflexo de outro problema com a saúde da pessoa ou efeito de medicamento.

Seborreica: distúrbio que causa escamação, coceira e vermelhão na pele.Se acontecer no couro cabeludo pode levar àcalvície.

Eflúvio:quebra no ciclo normal de crescimento de cabelo.

Dieta pobre em ferro:falta de ferro faz com que o oxigênio não chegue em quantidade suficiente ao couro. Afeta mais mulheres do que homens

Alérgica: quando a queda de cabelos é ligada a algum tipo de alergia.

 

3.Quando acontece a calvície?

Ela pode ocorrer em qualquer momento da vida de homens e mulheres, mas alguns períodos são mais críticos. Se ela tem início na puberdade, pode levar àqueda completa dos cabelos aos 22-23 anos de idade, mas tudo pode variar de acordo com a forma com que a alopecia se desenvolve. Os sintomas são muito semelhantes, mas o desenvolvimento pode ser mais lento ou mais rápido.

Trocamos naturalmente de cabelos e chegamosa perder até 100 fios por dia, mas quase nem percebemos isso. Então fique tranquilo, perder alguns fiozinhos pode chamar a atenção, mas faz parte do ciclo natural. Se a queda for muito acentuada, deve-se procurar um médico.

4.Tratamento para a calvície

Existem alguns tipos de tratamentos para calvície, mas nada que consiga reverter completamente as causas da doença.

Minoxidil– Um vasodilatador que auxilia no maior fluxo do sangue no couro cabeludo. Assim, a testosterona circula mais enão se fixa em grande quantidade em uma região específica da cabeça. É mais indicado para homens, pois o remédio pode aumentar a quantidade de pelos no rosto e nos braços.

Finasterida– Esse medicamento atua como um bloqueador da enzima que leva à queda de cabelo. Dessa forma, os bulbos capilares que ainda não atrofiaram voltam a produzir cabelo, sem que haja falhas no ciclo capilar normal.

Cetoconazol e zinco – Essas substâncias devem fazer parte do shampooque a pessoa utiliza e serve como fortalecedor dos fios de cabelo. Seu uso não é diário e deve ser intercalado com shampoosque combatam aoleosidade da cabeça.

Laser de baixa intensidade – Um tratamento que age diretamente nos folículos capilares. Ele tem ação parecida com a do Minoxidil: dilataros vasos capilares e auxiliarno desenvolvimento dos fios de cabelo. O tratamento deve ser associado ao uso de shampoos e medicamento que combatam a calvície.

Transplante de cabelos – O método maisinvasivo, mas também um dos mais eficazes. Os fios de outras regiões da cabeça, como nuca ou laterais, são cirurgicamente transferidos paraa cabeça. Também deve ser associado ao uso de shampoos e medicamento que combatam a calvície.

A calvície é mais ligada a fatores genéticos e pode ser tratada de forma muito mais fácil do que se imagina. Para quem não quer sofrer com ela tão cedo, manter uma dieta balanceada, lavar o cabelo e o couro cabeludo com frequência, evitar bonés, chapéus e manter os cabelos presos por muito tempo já é de grande ajuda.

Lembre que os medicamentos citados só podem ser utilizados após a consulta comum dermatologista ou médico especializado, pois qualquer substância ingerida pode causar algum tipo de efeito colateral diferente de pessoa para pessoa. Fique ligado no blog para mais dicas de moda, saúde ebeleza.Até a próxima!

Este texto é uma contribuição do Bondfaropara o Estilo Masculino.

 


Fonte: Estilo Masculino
Seja o primeiro(a) a comentar!

Deixe seu Recado

Nome
E-mail
Mensagem
Enviar
Rua Martinho Luiz Vieira, Nº 236, Bomba - Centro - Salgueiro - PE - Tel: +55 (87) 3871-2007
sg10Salgueiro@hotmail.com